Aluna esfaqueia três colegas em escola na Bahia

A estudante secundarista Anilda Marques, de 19 anos, aluna do Colégio Municipal Diva Portela da cidade de Feira de Santana, a 108 quilômetros de Salvador, esfaqueou três colegas ontem à noite, após uma discussão por causa de uma tarefa. O ferido mais grave, Magno da Silva Santos, esfaqueado nas costas e na barriga, está internado no Hospital Clériston Andrade e corre risco de morte. Ele foi operado e perdeu parte de um dos pulmões.Presa, Anilda não parecia arrependida do que fez. Disse ter usado uma faca pequena e que teria apanhado dos colegas. A Secretaria Municipal de Educação pediu a intervenção do Conselho Tutelar do Menor de Feira para resolver o problema da violência no colégio Diva Portela, embora o caso envolva estudantes já maiores de idade.Mas o caso da estudante Anilda não foi o único de violência envolvendo estudantes em escolas de Feira de Santana nos últimos dias. Na escola Tinoco de Melo, uma estudante de 17 anos foi acusada por colegas de escrever bilhetes ameaçando esfaquear uma aluna se esta não lhe pagasse R$ 20 a título de "proteção".No colégio Cícero Barbosa outra adolescente de 16 anos tentou esfaquear um ex-namorado e explicou: "Ele disse que onde me encontrasse, eu iria pagar com a minha vida". As duas menores foram levadas para o Juizado de Menores para esclarecimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.