Alunos protestam queimando banheiro de escola em SP

Dez estudantes da 8ª série colocaram fogo em uma das dependências da Escola Municipal de Ensino Fundamental Vladimir Herzog, em Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo, por volta das 07h30 desta sexta-feira, 24. Os adolescentes ficaram revoltados por causa do atraso de três horas de cinco professores. O incêndio, de pequenas proporções, foi controlado em meia hora pelos bombeiros. Ninguém ficou ferido. O fogo começou dentro de um banheiro que servia como depósito de material reciclável. Estudantes viram dois rapazes riscando fósforos perto do banheiro para chamar a atenção da diretoria. Na hora do incêndio, pelo menos 200 alunos estavam no pátio por estarem sem aula. Irritados com a situação, alguns chegaram a discutir com os funcionários.Por causa do forte cheiro da fumaça, duas meninas desmaiaram e foram atendidas no próprio local. As aulas no período da manhã foram suspensas. A secretaria municipal de Educação vai investigar as causas do incêndio. O boletim de ocorrência foi registrado no 54º Distrito Policial (DP) como caso a esclarecer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.