Ambulante é morto dentro de lotação no Rio

O vendedor ambulante Julio Cesar Lino da Conceição, de 26 anos, foi morto a tiros nesta terça-feira na avenida Vieira Souto, Ipanema, na zona sul do Rio. Conceição estava em uma Kombi de lotação e foi atingido por um outro passageiro não-identificado que, ao deixar o veículo, fez três disparos. Uma das balas também feriu o motorista Severino Carvalho, de 31 anos, que foi operado no Hospital Miguel Couto, na Gávea, também na zona sul.Julio Cesar é morador da favela da Rocinha. Por volta das 13h, ele embarcou na Kombi em São Conrado, bairro da zona sul onde fica a favela, a caminho de Ipanema. O assassino entrou na Kombi em outro ponto, entre a praia do Leblon e a de Ipanema. Segundo testemunhas, a vítima e o assassino não se falaram durante o caminho. Na esquina das ruas Vieira Souto e Joana Angélica, o autor dos tiros - identificado como mulato com idade entre 25 e 30 anos - desceu da Kombi e aproveitou um sinal de trânsito fechado para atirar. Depois, fugiu acompanhado de outro homem que o aguardava em uma motocicleta ao lado da Kombi. "Eles sumiram e ninguém fez nada porque eles estavam armados", afirma Celestino Costa Filho, motorista de outra Kombi lotação que passava na hora do crime.

Agencia Estado,

24 de dezembro de 2002 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.