Ambulantes depredam estação de trem em Itapevi

Cerca de 100 vendedores ambulantes que atuam nos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) depredaram hoje a estação de Itapevi, na Grande São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa da CPTM, os ambulantes invadiram a estação, quebraram o vidro de uma das bilheterias e destruíram uma caixa de alimentação de energia elétrica, provocando grande tumulto. Ninguém ficou ferido. A estação pertence à linha B da CPTM, que começa na estação Júlio Prestes, em São Paulo, e termina em Itapevi. De acordo com a CPTM, o vandalismo é em resposta ao aumento da fiscalização do comércio ambulante nas composições dos trens. A CPTM informa que o problema na estação Itapevi não prejudicou o funcionamento dos trens da linha B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.