Ameaças de criminosos deixam PM do Rio em alerta

A Polícia Militar do Rio de Janeiro entrou em estado de atenção após ameaças interceptadas feitas por traficantes da facção criminosa Comando Vermelho, que prometeram retaliações contra viaturas da PM e da Polícia Civil. O motivo seria a morte de oito criminosos em uma operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na madrugada de ontem, no morro do Engenho, na zona norte da cidade.

PEDRO DANTAS, Agência Estado

24 de junho de 2011 | 10h49

A orientação é que policiais militares circulem em duplas e que os policiais civis fiquem atentos nas delegacias. "Inicialmente, o estado de atenção será mantido até segunda-feira", disse o comandante do Estado Maior da PM, coronel Álvaro Garcia.

Tudo o que sabemos sobre:
PMRioameaçascriminososalerta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.