Amiga de Eliza comparece à delegacia em Santos e presta depoimento

Jovem de 25 anos teria tido um filho com o goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes, e está desaparecida há cerca de três semanas

Rejane Lima, de O Estado de S. Paulo

28 de junho de 2010 | 16h52

SANTOS - A Polícia Civil de Santos confirmou hoje que uma moça que se identificou como amiga de Eliza Samudio, de 25 anos, compareceu voluntariamente ao 2º. Distrito Policial da cidade nesta manhã para dar uma declaração a respeito do desaparecimento da amiga, que teria tido um relacionamento com o goleiro Bruno, do Flamengo.

 

A Polícia Civil de Minas trabalha com a hipótese de assassinato e a Justiça do Estado emitiu esta tarde um mandado de busca e apreensão que permite à polícia entrar no sítio do goleiro Bruno Fernandes, com quem Eliza teria um filho de quatro meses.

 

Entretanto, o delegado titular do 2º. DP, Luis Eduardo Fiori Maia, disse que apenas colheu o depoimento e encaminhou por fax à polícia de Minas Gerais, informando que não poderia dar mais informações sobre o caso por não estar à frente das investigações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.