Ana Maria Rangel recorre contra impugnação de sua candidatura

Ana Maria Rangel e Delma Gama e Narici entraram nesta segunda-feira, 14, com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a impugnação de suas candidaturas a presidente e vice-presidente da República pelo Partido Republicano Progressista (PRP). Os pedidos de registro de candidatura de Ana Maria e de Delma Gama foram indeferidos na última terça-feira, 08.Elas alegam que a anulação da Convenção Nacional pela Comissão Executiva do partido é um ato "nulo de pleno direito", por ser a Comissão Executiva "órgão inferior" à Convenção Nacional e reafirmam que foram "extorquidas" por dirigentes do PRP para que as candidaturas fossem efetivadas. Na decisão que indeferiu os registros, o ministro relator, Cezar Peluso, afirmou que não poderia conceder os pedidos à revelia da direção do partido, que não reconheceu as candidaturas. Os nomes das candidatas à presidência e vice-presidência foram aprovados em convenção no dia 29 de junho, mas o PRP tornou a convenção sem efeito no dia 4 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.