Anac determina suspensão da venda de passagens em Congonhas

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou nesta terça-feira a suspensão da venda de passagens com vôos partindo de Congonhas e informou que essa proibição temporária poderá se estender a outros aeroportos "se houver necessidade". Em nota distribuída a jornalistas durante entrevista com o diretor-presidente da agência, Milton Zuanazzi, e outras autoridades, a Anac informa que a retomada da venda de bilhetes em Congonhas ficará na dependência da volta da normalidade no fluxo de passageiros. A crise aérea que o país enfrenta há dez meses se agravou ainda mais a partir de terça-feira passada, quando um Airbus A320 da TAM explodiu ao se chocar com prédios próximos a Congonhas, após pouso fracassado no aeroporto, causando a morte de cerca de 200 pessoas. (Por Isabel Versiani)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.