Anac espera normalização do tráfego aéreo no sábado

Nota divulgada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) na note desta sexta-feira, 22, informa que 75% dos problemas envolvendo atrasos de vôos da TAM foram resolvidos ao longo do dia, e que os 25% restantes deverão ser sanados pelos aviões da FAB, da Varig, da Ocean Air e da Total Linhas Aéreas, que colocaram seus aviões a disposição.Segundo a Anac, num universo de 600 vôos da TAM, 88 atrasaram mais de duas horas no país. Isso representa atrasos em uma média de 800 pontos da empresa, pelo país. Consideram-se "pontos" as cidades em que cada aeronave pousa.Às 21h30, a Anac constatou que 22 dessas rotas ainda estavam atrasadas, correspondendo a 220 pontos com problemas. Á noite, ainda segundo a Anac, houve espaçamento no sistema de controle de vôo Cindacta 2, de Curitiba, face a escala de serviço dos controladores. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) informava que a escala de controladores seria restabelecida rapidamente, para atender à demanda reprimida.A Anac acredita que a decisão de manter aberto o aeroporto de Congonhas - em caráter excepcional - durante a madrugada deverá agilizar o fluxo aéreo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.