Analista é preso por roubar prostitutas

Vinte teriam sido estupradas no Planalto Paulista e em Moema

Andressa Zanandrea, O Estadao de S.Paulo

13 de fevereiro de 2008 | 00h00

Suspeito de estuprar e assaltar mulheres, a maioria prostitutas, o analista de recursos humanos Vinícius Sobreira de Almeida, de 31 anos, foi preso, anteontem. Ele teria feito pelo menos 20 vítimas, desde 2006, nas regiões do Planalto Paulista e Moema, na zona sul. Ele foi reconhecido, ontem, por 10 delas.Almeida passava por cliente e fazia as garotas entrarem no seu carro. Parava em ruas desertas e estuprava, agredia, ameaçava e roubava. Ele nega, mas o celular de uma vítima e o iPod de outra foram achados em seu Palio. Ele seria casado e pai de uma criança de 4 anos. Na noite de anteontem, Almeida teria atacado duas moças. Uma delas, de 23 anos, foi pega na Alameda dos Pamaris, em Moema, por volta das 18h30. "Ele perguntou quanto era o programa e falou para eu entrar no carro. No meio do caminho, começou a mudar o rumo e parou numa rua sem saída. Deu um tapa na minha cara e falou para tirar a roupa." A mulher afirma que o analista disse estar armado. "Ele fez sexo à força e pegou R$ 50 na minha carteira. Depois, me deixou de volta na (Avenida dos) Bandeirantes e falou para eu ficar quieta." O tormento teria durado cerca de 45 minutos. Depois, ela foi para casa, sem registrar queixa. Ao saber que Almeida estava preso, foi à delegacia. A prima dela, uma promoter de 24 anos, também foi atacada, em 22 de janeiro, no mesmo bairro. Ela havia acabado de estacionar , quando ele passou de automóvel, mostrou uma arma e mandou que ela embarcasse."Ele deu um tapa na minha cara e disse que era policial. Parou numa rua escura, me violentou e falou para eu me vestir logo, senão ia me deixar na rua pelada", disse a jovem. Ontem, ela se sentiu aliviada com a prisão. "Descarreguei a raiva e falei tudo o que queria para ele."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.