Andinho, líder do PCC, vai casar na cadeia

Wanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho, líder do PCC, vai se casar em 6 de fevereiro com Luciane Bernardino de Seixas na Penitenciária de Presidente Venceslau. Ele cumpre pena de 539 anos. Andinho é o principal acusado pela morte, em 2001, do então prefeito de Campinas, Toninho do PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.