Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

André Fran estreia coluna no 'Estadão'

Jornalista, diretor, escritor e palestrante, ele vai compartilhar sua ampla experiência adquirida em viagens pelo mundo para tratar de questões nacionais sob perspectiva global

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2020 | 05h00

O jornalista André Fran é o mais novo colunista do Estadão. Em textos quinzenais, ele irá mostrar como o mundo lida com assuntos comuns à realidade brasileira. Para isso, vai lançar mão do repertório adquirido em seu amplo histórico de viagens, que inclui experiências em países como Coreia do Norte, Arábia Saudita, Irã e Iraque. "O objetivo é colocar as questões nacionais que às vezes são debatidas com paixão e de forma polarizada, mas que, quando colocamos no âmbito global, conseguimos analisar com distanciamento", declara.

Diretor, escritor e palestrante, Fran é cofundador da BASE#1 Filmes, que já produziu conteúdo para diversos canais de televisão do Brasil. Entre as suas produções mais conhecidas, a série Não Conta lá em Casa, exibida no Multishow, mostrou viagens a destinos insólitos e originou, em 2013, um livro de mesmo nome pela editora Record. Na GloboNews, o programa Que Mundo É Esse? já completou dez temporadas.

Como não poderia ser diferente, a pandemia do novo coronavírus é o tema de sua coluna de estreia, nesta sexta-feira, 2. O texto mostra como as pessoas que fazem festa no Leblon podem aprender com a experiência japonesa de combate à covid-19. "A ideia dessa primeira coluna é ser um embrião para os leitores entenderem a proposta; para percebermos como nossas atitudes podem parecer normais e corriqueiras, mas, ao compararmos com outras culturas, questionarmos se é mesmo o jeito ideal", explica Fran, que estava no Japão quando a crise sanitária eclodiu.

Sobre a contribuição com o Estadão, Fran afirma estar muito feliz com o novo desafio e acrescenta: "Todos os projetos que faço têm uma função social por trás. Tento acreditar que dá para fazer diferença levando informação de qualidade ao público". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.