Angra dos Reis decreta estado de emergência

O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, decretou na manhã de hoje estado de emergência em conseqüência dos estragos que as chuvas provocaram na cidade. Pelo menos sete pessoas morreram. A rodovia Rio-Santos está bloqueada no trecho que passa por Angra dos Reis por causa de queda de barreiras. A Defesa Civil do Estado do Rio calcula que dez pessoas morreram soterradas em deslizamentos de terra no município, no Sul Fluminense.Apenas o corpo de uma mulher foi encontrado, mas, segundo o coronel Jorge Lopes, coordenador da Defesa Civil, o número de mortos é maior, já que houve pelo menos seis desmoronamentos graves. A prefeitura pensa em decretar estado de calamidade pública e pediu ajuda aos governos estadual e federal para resgatar as vítimas das chuvas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.