Anhangüera tem maior índice de roubo de cargas em SP

A Rodovia Anhangüera continua sendo a estrada paulista mais perigosa, de acordo com levantamento realizado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Carga do Estado de São Paulo. Pelo segundo ano consecutivo, a rodovia registrou o maior número de roubos de carga em todo o Estado. A pesquisa revelou também que, entre janeiro e setembro deste ano, aumentou o número de roubos de cargas no Estado. A média mensal de ocorrências foi de 214 contra 204 registradas no mesmo período do ano passado, uma alta de 4,9%.Em todo o Estado, as transportadoras sofreram este ano 1.929 assaltos, sendo 546 em estradas estaduais e federais. Do total de ocorrências, 22,89% dos roubos foram registrados na Rodovia Anhangüera; 6,23% ocorreram na Castello Branco; 5,61% na Dutra; 3,30% na Bandeirantes; e 2,75% na Washington Luiz. Somente no primeiro semestre de 2003, os roubos de carga causaram um prejuízo de mais de R$ 49 milhões. Entre as mercadorias mais visadas estão eletrodomésticos, alimentos, combustíveis e remédios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.