Anhembi recebe na sexta-feira as campeãs do carnaval de SP

Ingressos antecipados já estão à venda nas bilheterias do sambódromo; no dia do desfile, valor mínimo dobrará

07 de fevereiro de 2008 | 09h26

As cinco primeiras classificadas do Grupo Especial e as duas escolas que venceram o carnaval do Grupo de Acesso entrarão na avenida às 22 horas desta sexta-feira, 8, no Anhembi.       Veja também: Vai-Vai é campeã em SP  Conheça as musas e ouça os enredos do carnaval paulistano  Desfile Vai-Vai    A primeira a desfilar será a Leandro de Itaquera, vice-campeã do grupo de acesso, seguida pela campeã, Unidos do Peruche. Na seqüência, entram as escolas da elite do carnaval paulista, primeiro a quinta colocada e, por último, a campeã: Tom Maior, Rosas de Ouro, Unidos de Vila Maria, Mocidade Alegre e Vai-Vai, nessa ordem.   Para os foliões que quiserem prestigiar os grandes destaques do Carnaval de São Paulo, já estão à venda na bilheteria do Anhembi os ingressos antecipados, que custam de R$ 20,00 a R$ 12 mil (camarote para 25 pessoas e com serviço VIP). No dia do desfile o preço vai subir, o valor mínimo será de R$ 40,00 e o camarote não sairá por menos de R$ 15 mil.     As três primeiras colocadas    Para homenagear o bicentenário da imigração japonesa, a Unidos de Vila Maria - terceira colocada do Grupo Especial -, com o enredo "Irashai-mase, Milênios de Cultura e Sabedoria no Centenário da Imigração Japonesa", levou um pouco da história da chegada dessa importante cultura ao País e deu um verdadeiro show na avenida.   A vice-campeã Mocidade Alegre entrou no Anhembi, no domingo, com o  enredo "Bem-vindo a São Paulo, sabe por quê? Porque São Paulo é tudo de bom!", destacou a cidade por suas principais qualidades - a gastronomia, a vida cultural agitada, o futurismo, a terra das oportunidades e a 'multiculturalidade' paulistana.   Com o enredo "Acorda Brasil", a Vai-Vai falou de um tema um tanto quanto delicado: a Educação no País. O samba, que é uma composição de Zé Carlinhos, Nayo Denai, Vagner Almeida e Danilo Alves, fez a arquibancada festejar na mesma cadência da bateria da tradicional escola do Bexiga.        

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.