Aniversário de incêndio do TRT tem até bolo

Os dois meses do incêndio que destruiu quatro andares do prédio do Tribunal Regional do Trabalho do Rio (TRT-RJ), no centro da cidade, foram lembrados nesta segunda-feira de manhã pelo sindicato dos advogados, que levou um bolo para a frente do edifício.A categoria reclama que as autoridades não estão se mobilizando para contornar os transtornos causados pelo fogo, que destruiu 30 mil processos trabalhistas. À tarde, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Francisco Fausto, disse que o TRT deve voltar a funcionar dentro de 60 dias em novo edifício.O bolo ? que tinha sessenta velas, uma para cada dia depois do acidente ? foi cortado pelos advogados e distribuído a quem passava pela Avenida Antônio Carlos, onde fica a frente do prédio. Por causa do fogo, cerca de 18 mil ações estão paradas.Segundo o presidente do TST, uma verba inicial superior a R$ 8 milhões já foi acertada com o Ministério do Planejamento. Em seguida, será liberada uma segunda linha de crédito, no valor de R$ 17 milhões, para garantir a retomada normal dos trabalhos.

Agencia Estado,

08 de abril de 2002 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.