Ano começou com menos assassinatos e mais roubos seguidos de morte no Rio

Instituto de Segurança Pública (ISP) diz que houve 102 assassinatos a menos que em janeiro de 2011

Agência Brasil,

16 Fevereiro 2012 | 17h06

SÃO PAULO - O número de homicídios dolosos (quando há a intenção de cometer o crime) no estado do Rio de Janeiro caiu 24% em janeiro relação ao primeiro mês de 2011. Foram registrados 323 assassinatos, 102 a menos que em janeiro do ano passado (425). Já o número de latrocínios, que são os roubos seguidos de morte, passou de nove em janeiro de 2011 para 12 este ano.

Os autos de resistência, como são classificadas as mortes decorrentes de confrontos com a polícia, também apresentaram redução no período de comparação, de 61 para 37. Os dados fazem parte dos indicadores estratégicos divulgados nesta quinta-feira, 16, pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão ligado à Secretaria de Segurança estadual.

De acordo com o levantamento, janeiro registrou aumento de 29% nos roubos de carga (231 para 299) e de 25,8% nos casos de estelionato (2.025 para 2.547). No sentido oposto, os roubos a pedestres caíram 13,8%, (4.771 para 4.113) e os assaltos em ônibus, 32% (616 para 419). Os números completos da pesquisa podem ser encontrados na página do ISP na internet.

Mais conteúdo sobre:
assassinatosroubos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.