Ano-novo teve mais passageiros que o Natal, informa a Anac

Levantamento realizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e divulgado nesta quinta-feira, 4, mostra que o volume de passageiros embarcados em vôos nacionais e internacionais no fim de semana do Ano Novo, de 29 a 31 de dezembro de 2006, foi cerca de 40% superior ao do Natal, entre os dias 23 a 25 de dezembro.De acordo com a Anac, foram transportados 410,447 mil passageiros, contra 293,525 mil (passageiros) no Natal. Segundo a agência reguladora, no período do ano-novo foi registrada queda de mais de 50% na média de vôos atrasados e cancelados em relação ao período do Natal. A média de atrasos no Natal foi de 33,9% e de cancelamentos foi de 11,7%.Para evitar que os problemas de cancelamentos e atrasos registrados no feriado de Natal se repetissem no Ano Novo, a Anac promoveu um plano de emergência que proibia alterações e cancelamentos de rotas e horários das companhias aéreas, impedia a prática de overbooking (venda de passagens acima da capacidade da aeronave) e limitava os fretamentos (vôos charter). A agência promoveu a criação de uma Força Tarefa com a função específica de fiscalizar os aeroportos, de forma que todos os passageiros que compraram bilhetes conseguissem embarcar.Os resultados foram positivos. As ações fizeram com que o percentual de atrasos fossem reduzidos para cerca de 10%, chegando a 1,7% e 2% no último dia de 2006 e no primeiro dia de 2007, respectivamente. A Anac informou nesta quinta-feira, 4, pela manhã que continuará monitorando as empresas aéreas, principalmente em dias de maior volume de tráfego, como no feriado de Carnaval.A Anac declarou ainda ter registrado 1,684 mil reclamações nos aeroportos do País, no período do Natal. Desse total, 1,526 mil referiam-se a atrasos de vôos e outros 158 motivos foram relacionados à prática de overbooking, cancelamentos, danificação e extravio de bagagem e mau atendimento. O número total de reclamações caiu para 83 durante o feriado do réveillon.Nestes dois períodos de feriado prolongado, 703,972 mil passageiros circularam pelos aeroportos do País em vôos domésticos e internacionais. Os dados têm como base informações coletadas junto às cinco maiores companhias aéreas nacionais - TAM, Gol, Varig, BRA e OceanAir. Segundo o levantamento, a TAM foi quem transportou o maior número de passageiros, de 23 a 31 de dezembro do ano passado - em que registrou um total de 398,200 mil. Em seguida aparece a Gol, com 233,091 mil passageiros transportados no período. A Varig registrou 29,500 mil passageiros, seguida pelas BRA (28,457 mil) e OceanAir (14,724 mil).O balanço de final de ano da Anac informou também que durante o período do Natal de 2006, a Gerência Geral de Fiscalização de Serviços Aéreos da agência disponibilizou 29 fiscais para reforçar a equipe já existente nas gerências regionais dos aeroportos de Cumbica (Guarulhos), Congonhas (São Paulo), Juscelino Kubitschek (Brasília) e Tom Jobim (Rio de Janeiro), responsáveis pelo maior volume de passageiros embarcados. Já no período de Ano Novo, 18 agentes efetuaram o trabalho de reforço de fiscalização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.