Ao lado dos Gomes, petista elogia Ciro e aceita crítica de Cid

Ao lado do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), a presidente Dilma Rousseff chamou ontem o ex-deputado Ciro Gomes, irmão do governador, de "amigo", "pessoa especial" e "guerreiro pelas causas do Ceará".

, O Estado de S.Paulo

12 Agosto 2011 | 00h00

Sem mandato, Ciro vem fazendo críticas à forma como o governo federal se relaciona com sua base aliada e chegou a "prever" a queda de mais ministros. Também disse que Dilma herdou "um fim de governo Lula com todos os sintomas de descalabros".

Antes de seguir para a cerimônia em que fez os elogios, no Complexo Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (CE), Dilma afirmou em entrevista que Cid Gomes tinha razão ao criticar o estado de conservação das rodovias que cortam o Ceará. "Nós reconhecemos que o governador tinha razão. O estado das rodovias federais era extremamente precário", disse a presidente. Ela afirmou ainda que Cid Gomes denunciou o problema corretamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.