Ao menos 10 passageiros passam mal em tumulto no metrô de Recife

De acordo com a CBTU, não houve feridos graves; manobra de acoplamento causou caos

15 Junho 2012 | 11h29

São Paulo, 15 - Pelo menos 10 passageiros passaram mal na manhã desta sexta-feira, 15, durante tumulto em uma das composições do metrô, na estação Coqueiral, em Recife, segundo informações da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU)/Metrorec.

Por volta das 8 horas, o maquinista parou a composição na estação Coqueiral para prestar primeiros socorros a uma mulher grávida, que teria desmaiado no trem. Uma outra composição, que iria rebocá-lo, segundo a CBTU, fez um acoplamento indevido e na hora de engatar o impacto foi maior, provocando tumulto entre os passageiros.

De acordo com a CBTU, todos os passageiros foram atendidos na estação e nenhum deles teve ferimentos graves. Ainda segundo a empresa, apesar de o choque ter sido provocado por um procedimento normal de acoplamento, que é quando um trem engata em outro para realizar o resgate de uma máquina com problema, o maquinista do trem que iria fazer o reboque, segundo a CBTU, fez a manobra sem a coordenação do Centro de Controle.

Greve. Os metroviários de Recife estão em greve há 32 dias. Os trabalhadores mantêm a operação de emergência, operando nos horários de pico, conforme foi determinado pela Justiça, para que o impacto da greve fosse reduzido. Nos dias úteis o metrô opera das 5h20 às 8h30 e das 17h às 19h30. Aos sábados, das 5h30 às 9h.

Mais conteúdo sobre:
CBTU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.