Ao menos 5 pessoas são mantidas reféns dentro de igreja em Macapá

Criminosos assaltaram uma loja de celulares e na fuga invadiram a igreja no centro da cidade

Solange Spigliatti, estadão.com.br

26 Julho 2011 | 14h51

SÃO PAULO - Ao menos cinco pessoas, entre fiéis e funcionários, são mantidas reféns há pelo menos 6 horas dentro de uma igreja católica no centro de Macapá, em Amapá, nesta terça-feira, 26.

 

Por volta das 8h30, pelo menos dois bandidos tentaram assaltar uma loja de revenda de celulares quando foram surpreendidos pelos policiais.

 

Durante a fuga, os criminosos invadiram a igreja de São José e fizeram reféns. O bispo da cidade conseguiu fugir e está escondido em uma sala da igreja, que está cercada pelos policiais.

 

Agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) negociam com os bandidos, que reivindicam a presença de um advogado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.