Ao menos dez morrem em fim de semana violento no Rio

O fim de semana no Rio foi marcado pela morte, a tiros, de pelo menos dez pessoas. Na manhã de sábado, 21, um tiroteio entre policiais militares e traficantes da favela Vila Juaniza, na Ilha do Governador, zona norte da cidade, resultou na morte do morador Sérgio Mariano de Almeida, de 56 anos, que ficou entre o fogo cruzado.Policiais do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM) realizavam, com o auxílio de um helicóptero, uma operação de resgate de policiais que ficaram encurralados no local. Sérgio chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital Paulino Werneck.Em Bonsucesso, zona norte do Rio, um traficante não identificado morreu em outro tiroteio, na favela Nova Brasília. Ele foi baleado durante confronto com policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope). A vítima foi encontrada numa praça da região e foi levada para o Hospital Getúlio Vargas, onde morreu. A arma usada pelo traficante, um revólver calibre 38, foi apreendida.Um terceiro tiroteio causou mais uma morte no bairro da Penha, zona norte do Rio. Um homem não identificado morreu no Hospital Getúlio Vargas após troca de tiros com policiais. A vítima havia roubado um carro modelo Celta, de Maria Aparecida Santos, e conseguiu fugir, mas foi perseguido pela polícia, que recuperou o carro e apreendeu uma pistola.ProtestosA morte de um traficante em Campo Grande, zona oeste da cidade, gerou protestos de moradores da favela do Barbante. Conhecido como Pintado, o criminoso morreu após troca de tiros com policiais militares, que permaneciam neste domingo, 22, no local para evitar tumultos. No bairro de São Gonçalo (Grande Rio), policiais militares encontraram um homem morto com diversos tiros na cabeça e no peito. A PM não identificou a vítima, mas a suspeita é de que ela tenha sido assassinada por traficantes.Na zona oeste do Rio, no bairro de Padre Miguel, Manoel dos Santos Filho, de 35 anos, foi assassinado na madrugada de sábado depois de ter sido cercado por dois homens. A polícia está investigando o crime. Na noite de sábado, outro assassinato foi registrado em Campos, no norte fluminense. A vítima, identificada como Adão Alexsander Venâncio, de 21 anos, foi encontrado com vários tiros.BaixadaO fim de semana também foi violento na Baixada Fluminense. Em Nova Iguaçu, André de Mendonça, de 37 anos, foi morto a tiros por dois bandidos. A polícia ainda não sabe o motivo do crime, mas investiga o caso. No bairro de Paiol, em Nilópolis, um adolescente não identificado pela polícia foi encontrado morto com tiros na cabeça e no peito. Uma menina de 8 anos foi enterrada neste domingo, 22, no Cemitério São Francisco Xavier, em Itaguaí (Grande Rio). Ela foi baleada em sua casa na madrugada de sexta-feira com dois tiros, após ter se aproximado da janela quando duas pessoas chamaram pelo nome de seu pai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.