Ao vender o veículo...

Minha mãe, hoje com 83 anos, vendeu seu carro em 28 de junho de 2005. Como as multas continuavam a chegar em sua casa, avisamos o comprador que prometeu fazer a transferência. O ano passado fui com ela ao Detran e, depois de muitas filas e idas ao cartório, conseguimos fazer o bloqueio do C.R.V. Este ano as multas continuaram a chegar. Devo ignorar essas multas? E o irresponsável que pratica todos estes delitos, nunca responderá por eles?ELIANA DE MICHELISão PauloO Detran informa que esse tipo de problema é comum a cidadãos que não atentam para a obrigatoriedade de, ao vender o veículo, fazer a Comunicação de Venda, como determina o artigo 134 do Código de Trânsito Brasileiro. No verso do documento de transferência há um alerta para que se faça a comunicação ao órgão de trânsito. Uma vez obedecida a lei, o órgão de trânsito é informado de que o veículo tem um novo proprietário. Dessa forma, o cidadão que vendeu o carro, sem haver transferência, não precisa se preocupar com problemas de pontuação ou cobrança de dívida de IPVA. Quanto às multas, os órgãos de trânsito encaminham as notificações para o endereço de cadastro do veículo, nesse caso, o antigo proprietário. Basta fazer o recurso informando que o veículo foi vendido e que o órgão de trânsito de cadastro foi notificado oficialmente da transferência de propriedade. Quanto àquela pessoa que não efetuou a transferência, não há legislação que a obrigue a fazê-la, podendo o prejudicado entrar com processo judicial em Tribunal de Pequenas Causas para que a Justiça determine ao comprador o cumprimento da lei.Conforto de quem?Há dias recebemos um atencioso comunicado da empresa que recolhe lixo de nossas casas. Em resumo diziam que, para aumentar nosso conforto, o horário seria alterado da manhã para a noite, nos mesmos dias da semana. Então, o nosso conforto foi "recompensado" com o recolhimento às 3h10, quando fomos acordados pelo barulho do caminhão e do pessoal. O bairro é zona residencial muito arborizada e também era silencioso.CLAUDIO GILLET SOARESSão PauloA Logística Ambiental de São Paulo S.A. (Loga) informa que o decreto que proíbe o trânsito de caminhões na Zona Máxima de Restrição de Circulação (ZMRC) levou a empresa a remanejar suas rotas e horários de coleta de resíduos para adequar-se às restrições de circulação. Na região do sr. Soares, Jardim das Bandeiras, inserida na ZMRC, não podem circular caminhões durante o dia. Em dias de chuvaEstou indignada com o descaso dos órgãos públicos de São Paulo. No dia 26, após intensa chuva, eu estava por volta das 17h30 na Avenida Santo Amaro e, ao entrar na Rua Silvânia, me deparei com um enorme alagamento. Como não tinha para onde ir, continuei e caí num buraco que arrancou a placa da frente do meu carro - por sorte foi só a placa que ficou e não o carro, pois a água chegava quase à altura do capô. Sem a placa, fui atrás de informações para que eu tivesse um respaldo de segurança e para não ser multada. Fui ao Detran e lá me informaram que a placa demora um dia para ficar pronta, mediante pagamento de taxas. Fiz o requerimento da placa, fui a uma delegacia fazer Boletim de Ocorrência (BO), pois trabalho com o carro. Lá me informaram que eu não poderia fazer um BO da placa dianteira e que eu não poderia usar o carro sem a placa. Se a placa demora um dia para ficar pronta, o que fazer? Parar de trabalhar porque a Prefeitura não arruma os buracos e não desentope os bueiros desta cidade? E o prejuízo de ter de fazer uma nova placa? Onde ficam os direitos dos cidadãos, pagantes de impostos?VANESSA ALVESSão PauloO cliente tem de esperarEstou decepcionado e indignado com a demora no atendimento telefônico da Varig Smiles (hoje da Gol). Depois de um tempão ao telefone, ao ser atendido a funcionária não consegue solucionar o problema e encaminha para outro setor e me deixa mais um tempão na linha. É uma vergonha, assim realmente a empresa não terá a fidelidade de seus clientes.LUIZ ANTONIO I. P. E SILVASão PauloA Assessoria de imprensa FSB Comunicações informa que a Gol enviou e-mail ao cliente esclarecendo suas dúvidas sobre os canais disponíveis para atendimento Smiles. A Gol atende 24 horas na Central de Atendimento Online (www.smiles.com.br).O leitor contesta: Negativo, a Gol não enviou o e-mail e muito menos tomou alguma providência para diminuir o tempo de espera.As cartas devem ser enviadas para spreclama.estado@grupoestado.com.br, pelo fax 3856-2940 ou para Av. Engenheiro Caetano Álvares, 55, 6.º andar, CEP 02598-900, com nome, endereço, RG e telefone, e podem ser resumidas. Cartas sem esses dados serão desconsideradas. Respostas não publicadas são enviadas diretamente aos leitores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.