Ao vice, com carinho!

Imagina se fosse no futebol que o Brasil, jogando em casa, perdesse um título mundial no último minuto da prorrogação com um desses gols que a arquibancada precisa recorrer ao radinho de pilha para entender como a bola chegou às redes? Só quando o juiz apitasse o fim do jogo cairia a ficha do torcedor: vice de novo! Já pensou?Esse sentido trágico que o brasileiro costuma dar ao segundo lugar no esporte pode estar com os dias contados, a julgar pelo que se viu naquela inacreditável final do mundial de pilotos de F-1, em Interlagos. Nunca na história deste país outro vice-campeão foi reconhecido por seu talento, esforço e dedicação para chegar onde chegou.Felipe Massa sagrou-se o vice mais querido do Brasil, mas nada impede que, cá entre nós, se promova uma caça ao pé-frio que fez uma maldade daquelas com ele. Neste particular, como em toda competição com narração de Galvão Bueno e interpretação do Hino Nacional por Fafá de Belém, há controvérsias. CORRIDA MALUCA"Vou passar Obama na última curva"John McCain, a uma volta da linha de chegada das eleições americanasAGENDA POSITIVA"Felipe Massa não perdeu, deixou de ganhar", Aloizio Mercadante, filósofo da derrotaQuestão de bom sensoO Itaú Unibanco só não vai se chamar Unibanco Itaú por causa da sigla da holding. Você deixaria seu dinheiro aos cuidados da "Ui"? Francamente, né não? RecaídaTodo esse papo de fusão com o Unibanco voltou a despertar em Luciana Gimenez o velho sonho de fazer um longa com o Waltinho Moreira Salles. ImperdívelÚltimo jogo do time do Dunga em 2008, o amistoso com Portugal - dia 19 de novembro, em Brasília - pode ser uma ótima oportunidade para o torcedor vaiar, de quebra, um bocado de autoridade que vai à inauguração do novo Estádio Walmir Campelo Bezerra, o Bezerrão.Falha mecânicaA Grã-Bretanha está chocada com a abstinência de Lewis Hamilton, provavelmente o único inglês no mundo que não bebeu nada no domingo à noite para comemorar o título mundial de F-1. Corre em Londres o boato de que o piloto estaria com problemas na bomba injetora de álcool.Epidemia anunciadaJá está tudo pronto para a infestação de Aedes aegypti no Rio. Parece que, este ano, eles vêm em maior número para a posse do novo prefeito.Agenda positivaÉ sempre bom lembrar: faltam 57 dias para 2009! E tem gente que ainda não acredita que vai haver ano que vem. Ô, raça!

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.