Aos 72 anos, Laura é presa roubando. Pela vigésima e tanta vez

Uma viúva de 72 anos, chamada Laura, foi detida novamente nesta quarta-feira praticando um crime que consta mais de 20 vezes em sua ficha criminal - o furto. Desta vez, foi no Shopping Metrô Tatuapé, na Zona Leste da capital paulista. Por volta das 18h30, ela entrou em uma loja da C&A, sentou-se no banco e pediu que a vendedora mostrasse um par de sapatos. Enquanto a vendedora se distanciava, ela pegou a bolsa de uma mulher que estava sentada de costas para ela e saiu da loja. A vítima do furto, uma funcionária pública de 40 anos, identificada depois no Boletim de Ocorrência como M.A.L., deu rapidamente pela falta da bolsa. Foi até a porta da loja, viu a senhora idosa carregando a bolsa e foi atrás dela. Dominou-a, chamou a segurança do shopping. Levada por policiais militares para o 30º Distrito Policial, do Tatuapé, Laura teve sua ficha criminal levantada. São 18 folhas contínuas de registros e indiciamentos de furtos. "Ela é a típica criminosa habitual, compulsiva.", disse a delegada Audrei Canaã de Oliveira Sampaio, que indiciou a senhora por tentativa de furto.Laura foi presa em flagrante pela primeira vez quando tinha 55 anos. Ela saiu há algumas semanas do Dacar 4, uma ala feminina situada no Complexo Prisional do Cadeião de Pinheiros, na Zona Oeste da capital, e morava atualmente em Santo André, no ABC paulista. Agora, segundo a delegada, voltará para o Cadeião de Pinheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.