Apagão altera rotina do centro de São Paulo

Um defeito em dois cabos de distribuição subterrânea de energia deixaram sem luz, às 11h30 desta quarta-feira, os bairros Bela Vista, Higienópolis, Cerqueira César, Pacaembu e Consolação, na região central de São Paulo. Por volta do meio-dia, bancos pararam, semáforos apagaram e restaurantes ficaram completamente vazios em plena hora do almoço. A energia só foi restabelecida parcialmente - em 25.264 pontos, ou 74% do total - às 16h19. Às 19 horas, 18.282 mil pontos seguiam no escuro. O diretor de Operações, Antoninho Borghi, disse que, para identificá-las, é preciso percorrer 300 transformadores de luz sob a terra. Muitos alagados depois da chuva desta quarta-feira. "Temos 200 homens percorrendo o sistema. Também jogamos tensão nos cabos para saber a quantos metros está o problema." Normalmente, o sistema é formado por quatro cabos. Desses, dois hoje desligaram simultaneamente. Segundo Borghi, em 20 anos esta foi a terceira vez que aempresa enfrentou um problema dessa dimensão. Para evitartranstornos ainda piores, a Eletropaulo priorizou locais commaior número de hospitais. Na Rua Sergipe, por exemplo, uma farmácia de manipulaçãodeixou dezenas de funcionários do lado de fora. Próximo dali,agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) se revezaram para tentar organizar o trânsito. Na Rua Augusta, Edival Vitor, dono de uma lanchonete, lamentava as mercadorias perdidas no freezer, enquanto agências encerravam o expediente antes do normal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.