Apenas 2% dos vôos atrasam no primeiro dia do ano, diz Anac

A situação é de total tranqüilidade nos aeroportos do País no primeiro dia do ano, após dias caóticos verificados no final de 2006 e que mancharam negativamente o sistema aéreo do País. Segundo boletim parcial da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), apenas 2% dos vôos atrasaram nesta segunda-feira. De 490 vôos programados, até o início da tarde, dez apresentaram atrasos superiores a uma hora e 21 foram cancelados.Deste balanço parcial, segundo a Anac, cinco atrasos - três da companhia aérea Gol e dois da TAM - foram verificados no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O aeroporto também foi o responsável pelo maior número de cancelamentos - oito, no total. O aeroporto de Recife aparece em seguida com dois atrasos e os aeroportos de Brasília (Juscelino Kubitscheck) e Confins, em Belo Horizonte, apresentaram um vôo com atraso, cada. No aeroporto de Congonhas, em São Paulo, um atraso foi verificado, em razão de condições meteorológicas, segundo a Anac. O aeroporto de Fortaleza não encaminhou informações por "motivos técnicos", segundo alegou a própria Anac.No domingo, o boletim da agência reguladora informou que 1,71% dos vôos tiveram atrasos superiores a uma hora. De 1.051 vôos, apenas 19 tiveram atrasos. O número entretanto pode ter sido superior, visto que os aeroportos de Cumbica, em Guarulhos, e Curitiba somente encaminhou dados de atrasos de zero hora até às 12 horas de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.