Apenas 4% dos indultados não retornaram aos presídios

Segundo nota do Tribunal de Justiça, apenas 4% dos detentos da capital paulista beneficiados, na manhã de sexta-feira, pelo indulto de Dia dos Pais não retornaram para os presídios. Saíram 707 e retornaram 680, segundo a nota. Dos 27 que não retornaram, 23 são mulheres, que deveriam voltar até as 18 horas de segunda-feira para a Penitenciária Feminina do Butantã, na zona oeste da cidade. Dos quatro homens, dois são do Centro de Detenção Provisória Belém II e dois do Centro de Progressão Penitenciário de São Miguel Paulista. A volta dos internos indultados dos presídios Belém I e Especial da Polícia Civil foi integral.Em todo o Estado de São Paulo - onde o número de indultados que tiveram a liberdade de passar o fim de semana com a família chegou a 13.085 -, segundo um balanço parcial da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) houve um retorno de 97,7%. O balanço definitivo, porém, só será divulgado na próxima sexta-feira, dia 18. Alguns envolveram-se em crimes. Entre eles, um foi morto por policiais, após assalto em Guarulhos na segunda-feira; outro foi detido em Barretos colando cartazes do PCC. Outros, que só retornariam na terça-feira, culparam a greve do metrô, que dificultou sua locomoção e atrasou a apresentação à direção dos presídios, o que os transformou em "foragidos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.