Apenas 7,2% dos vôos estão atrasados em todo o país

O movimento nos principais aeroportos do país neste domingo de feriado prolongado está melhor do que a situação registrada no sábado, 28. Segundo informações do site da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), apenas 7,2% dos vôos programados entre a zero hora até as 11 horas tiveram atrasos de mais de uma hora. No total, 500 vôos estavam previstos e apenas 36 tiveram seus horários alterados e 20 deles foram cancelados, ou seja, 4% dos vôos. A situação estava pior no aeroporto de Salvador, que registrou 25,7% dos vôos programados para o horário com atraso de mais de uma hora. De um total de 35 vôos programados, nove estavam com problemas. No último sábado, segundo a Infraero, 26,8% dos vôos programados para o período entre a meia-noite e 18 horas sofreram atrasos superiores a uma hora. O porcentual representa 309 vôos, de um total de 1.154 no País. O movimento no aeroporto de Congonhas até as 13 horas era tranqüilo: três vôos foram cancelados e nenhum dos 64 vôos previstos tiveram atrasos. Segundo a assessoria do aeroporto, havia poucas filas nos guichês das companhias aéreas. No Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, a situação é de tranqüilidade, segundo os dados da Infraero. Dos 91 pousos e decolagens programados para o período da meia-noite às 11h, apenas dois estavam atrasados em mais de uma hora, o que representa 2,2% do total. No mesmo aeroporto, apenas um vôo foi cancelado. No Rio, o aeroporto internacional Tom Jobim, o Galeão, registrou poucos atrasos. Cinco chegadas e duas partidas estavam fora do horário previsto e não havia cancelamentos de vôos. No outro aeroporto do Rio, o Santos Dumont, todos os vôos estavam dentro do horário previsto, segundo informações do site da Infraero. Já no Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, o número de cancelamentos era maior que o de atrasos. Três partidas e quatro chegadas foram canceladas. Apenas três decolagens e dois pousos estavam fora do horário. Matéria ampliada às 13h50 para acréscimo de informações

Agencia Estado,

29 Abril 2007 | 10h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.