Apenas três países adotam sistema majoritário

O sistema de voto majoritário nas eleições legislativas é adotado atualmente apenas pelo Afeganistão, pela Indonésia e pela Jordânia.

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2011 | 00h00

Dos países desenvolvidos, apenas o Japão já experimentou essa modalidade, na qual são eleitos os deputados mais votados, independentemente do desempenho de seus partidos. Em 1964, porém, os japoneses adotaram o sistema proporcional, similar ao utilizado atualmente pelo Brasil.

O sistema também já foi adotado e abandonado por dois outros governos asiáticos: Coreia do Sul e Taiwan.

No Brasil do Império e da República Velha, entre 1824 e 1930, houve eleições para a Câmara dos Deputados organizadas em torno de variantes do sistema majoritário. Em 1932, o País optou por um modelo misto, com parte dos representantes eleita pelo sistema proporcional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.