Após 15 anos, Rosas de Ouro é a campeã do Carnaval 2010

Escola de samba contou a história do cacau desde os povos antes de Cristo até a fábula de Willy Wonka

estadao.com.br,

16 de fevereiro de 2010 | 18h01

Integrantes da escola de samba Rosas de Ouro comemoram a vitoria. Foto: Clayton de Souza/AE

 

São Paulo - Em votação apertada, a Rosas de Ouro venceu o carnaval 2010, após 15 anos sem levar o título. A decisão saiu no último quesito, Comissão de Frente, e a diferença para a vice-campeã, Mocidade Alegre, foi de apenas 0,25 ponto. A Rosas de Ouro contou a história do cacau desde povos antes de Cristo até a fábula de Willy Wonka, retratado no filme "A Fantástica Fábrica de Chocolates" (Mel Stuart, 1971). Os ritmistas, por sinal, usavam fantasias inspiradas no personagem, e a modelo e atriz Ellen Rocche, madrinha de bateria, fazia o papel de rainha da fábrica. Há quinze anos a escola não vencia o Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo. "Hoje viemos para ganhar. A expectativa é grande", afirmou a presidente da escola, Angelina Basílio, antes do desfile. "O grito de campeão está entalado na garganta", afirmou Ellen Rocche, antes de entrar na avenida. A escola foi a terceira colocada em 2009.

 

Veja também:

linkRosas de Ouro se desencontra no início, mas fecha bem a noite

mais imagens Galeria de fotos da Rosas

especialCobertura completa da folia na página especial

video Assista a trechos do desfile da Rosas de Ouro

especialVeja todas as notas da apuração em São Paulo

 

A Rosas lutou contra o relógio. Uma hora e cinco minutos cravados. Esse foi o tempo do desfile, da penúltima a entrar na avenida. A marca, limite, estava prevista pela diretoria, segundo disse a presidente, que esteve à frente da Rosas durante toda a apresentação no Anhembi. A escola teve um pequeno incidente na comissão de frente. Um dos integrantes não desfilou, mas não foi revelada a razão. "Mas nada que tenha atrapalhado um desfile perfeito e muito técnico", afirma presidente. Com fantasias luxuosas, alegorias com muitos adereços e um samba-enredo que "cola", a escola da Freguesia do Ó levantou o público no Sambódromo do Anhembi. Grande parte da arquibancada balançava bexigas rosas e azuis e batia palmas no ritmo dos passistas. No ar, o cheiro de chocolate, que na verdade se assemelhava mais à fumaça utilizada em danceterias.

 

Comissão de frente da escola foi decisiva para a vitória sobre a Mocidade Alegre, por 0,25 ponto

 

Outro otimista com o resultado do desfile foi o astronauta Marcos Pontes, o primeiro brasileiro a ir ao espaço, que desfilou no chão. "A Rosas sempre entra esperando o primeiro lugar. Esse ano temos mais chances. Foi um desfile muito bonito". E para quem acha que não tem nada a ver um desfile de escola de samba e mandar um homem para o espaço, Pontes diz que essa é sim uma boa comparação. Ele conta que tanto no carnaval quanto no lançamento de um foguete, há uma intensa preparação de meses e que tudo isso é voltado para um único momento. "É a mesma coisa: é muito detalhe, muita concentração, para colocar em prática numa só oportunidade", diz ele, que viajou de Houston (Estados Unidos), onde mora com a família para a capital paulista especialmente para desfilar pelas Rosas de Ouro.

 

Madrinha da bateria da Rosas de Ouro, Ellen Roche, no desfile que rendeu a conquista do título em SP

Samba Enredo

"Cacau: Um grão precioso que virou chocolate sem duvida, se transformou no melhor presente!"

*Compositores: Armenio Poesia, Aquiles da Vila, Chanel, Mauricio Paiva, Boldrini e Fred Viana.

*Interprete: Darlan

 

É tão doce sonhar

E recordar a própria história

Eu, que já fui dádiva celestial

Em misteriosas civilizações

Fui batizado de cacau

Caminhei entre Maias e Astecas

Consagrei o meu "valor"

Caí na graça e no gosto

Na taça do imperador

A nobreza da Europa, eu conheci

E num tal "mexe-mexe", eu me vi

Ganhei um gosto especial

A mistura "deu carnaval"!

Sou rei entre os presentes

Se for falar de paixão

Nos sentidos dessa gente

Posso tocar um coração

Agradeço a cada sonhador

Que me deu forma, brilho e cor

Estou aqui pra festejar

Hoje sou o símbolo da vida,

Renasci nessa avenida

Na escolha popular

Tá na boca do povo:

"O Cacau CHEGOU"!

Sou Rosas, Rosas de Ouro

Meu sabor te conquistou!

 

Histórico

Fundada em 18 de outubro de 1971 por um grupo de quatro amigos, José Luciano Tomás da Silva, João Roque "Cajé", José Benedito da Silva "Zelão" e Eduardo Basílio (também nome da quadra) - eterno presidente - que permaneceu à frente da escola até o ano de 2003, a Sociedade Rosas de Ouro, com suas cores oficiais: azul, rosa e branco é uma das maiores e bem estruturadas escolas de samba de São Paulo.

Desfilou, pela primeira vez no carnaval de 1973, no segundo grupo, e ficou em quarto lugar. No ano seguinte conquistou o segundo grupo e subiu para o grupo principal, onde permanece até hoje.

Tumulto

Uma confusão esvaziou a quadra da Rosas de Ouro, na Freguesia do Ó, zona norte, na noite desta terça-feira, 16. Segundo testemunhas, a PM teria usado bombas de efeito moral do lado de fora da escola, causando correria e desmaios entre os componentes que comemoravam a vitória da agremiação.

Quem estava na quadra relatou sensação de ardência nos olhos e sufocamento. Havia cerca de 5 mil pessoas no local. Às 23h30, os portões da quadra foram fechados e a festa, encerrada, mas uma multidão permaneceu na rua em frente à agremiação.

A Rosas de Ouro não se pronunciou sobre o caso. A PM afirmou apenas que foi chamada após o início de uma briga fora da escola, por volta das 21h50. Não disse se usou bombas de efeito moral. Testemunhas afirmaram que pessoas começaram a jogar pedras nos carros da polícia e em veículos particulares. Não havia registro de feridos, segundo a PM. Às 23 horas, a polícia já havia deixado o local. 

 

(Com Gabriel Vituri, do estadao.com.br, Wladimir D'Andrade Ana Luísa Westphalen - Agência Estado e Josmar Jozino - JT)

 

Texto atualizado às 0h55.

 

Tudo o que sabemos sobre:
carnaval 2010rosas de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.