AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Após 18 dias, mulher arrastada sai do coma

Dezoito dias depois de ter sido arrastada por um carro por 900 metros em Araraquara, no interior de São Paulo, a universitária Flaviana Barbosa, de 27 anos, saiu do coma induzido. Ela segue internada em uma ala para queimados do Hospital São Paulo, em Ribeirão Preto. "É uma bênção", diz a mãe de Flaviana, a dona de casa Elza Barbosa. O quadro de saúde da estudante é estável. Ela já mexe os membros e, segundo familiares, tem boa recuperação e não apresenta seqüelas neurológicas. Flaviana estava com o namorado numa moto quando foi atingida pelo veículo guiado pelo pintor de carros Admilson de Oliveira. Ele segue preso e responde por tentativa de homicídio.

Cláudio Dias, O Estadao de S.Paulo

14 de outubro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.