Após 28 anos, Prefeitura dá R$ 2 bi para Metrô

Orçamento aprovado pela Câmara destina recursos do PPI para ampliação da Linha 5

Eduardo Reina, O Estadao de S.Paulo

21 de dezembro de 2007 | 00h00

Depois de 28 anos, a Prefeitura de São Paulo volta a ter no Orçamento verbas para o Metrô. A Câmara aprovou ontem a proposta para 2008, que prevê usar uma parte dos recursos obtidos com o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) para ampliar as linhas.O Metrô pode receber 13% da receita líquida do PPI. Isso equivale a mais de R$ 2 bilhões. Segundo o prefeito Gilberto Kassab (DEM), há um acordo com o governo estadual para destinar R$ 1 bilhão, suficiente para construir 5 quilômetros de linha.A Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado informou que o dinheiro da Prefeitura vai para a ampliação da Linha 5-Lilás (Capão Redondo-Chácara Klabin). O trecho a ser construído ligará a Estação Largo 13 à Estação Santa Cruz, da Linha 1-Azul, e à Estação Chácara Klabin, da Linha 2-Verde. A ampliação terá 11,4 quilômetros e 11 estações, com previsão de conclusão em 2014."Há oito mandatos nenhuma administração municipal investe no Metrô. Se em cada uma das gestões fossem feitos 5 quilômetros, só com dinheiro municipal seriam construídos 40 quilômetros. E a rede de Metrô passaria dos atuais 61 quilômetros para mais de 100", disse Kassab. Reinaldo de Barros (1979 a 1982) foi o último prefeito a dar verbas para o Metrô. Kassab garantiu que o dinheiro do PPI é garantido. "É recurso que vai entrar. Não tem sentido o contribuinte se inscrever no parcelamento da dívida e não pagar."A verba para o Metrô é praticamente a metade do que a Prefeitura prevê aplicar na área de saúde: R$ 4,5 bilhões. Mas é quase três vezes superior à da habitação(R$ 853 milhões). O dinheiro para a saúde equivale a 16% do Orçamento de 2008, que é de R$ 25,2 bilhões. Com a votação, os vereadores entram em recesso. Só voltam em fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.