Após 40 anos de promessas, viaduto é inaugurado

Depois de 40 anos de reivindicações dos moradores do Jaraguá, na zona norte, foi entregue ontem a primeira parte do Complexo Viário Jaraguá. São dois viadutos que interligam a Estrada de Taipas e a Avenida Doutor Felipe Pinel sobre os trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Com a obra, o fluxo de veículos não precisará ser interrompido a cada passagem dos trens. Nos horários de pico, o trânsito é interrompido a cada cinco minutos, provocando grandes congestionamentos nas vias que atravessam o bairro. Diariamente, cerca de 80 mil pessoas transitam de automóveis pelo local."Um carro chegava a esperar 50 minutos para passar por um trecho de 400 metros nos horários de pico. Imagina o sujeito que vem do trabalho, está perto de casa, mas vai demorar mais 50 minutos para chegar. Imagina uma ambulância tendo de esperar esse tempo todo. É um suplício", avalia o governador José Serra. "O (prefeito Gilberto) Kassab sabe que essa é a obra que mais cobrei dele quando assumiu a Prefeitura. E vou continuar cobrando."Para os moradores, somente o término das obras não poderá desafogar o tráfego local. "Enquanto o outro viaduto não for entregue, vou continuar a esperar na cancela. A gente leva uma hora de ônibus para fazer um trecho que levaria menos de dez minutos", diz o motorista de ônibus Rafael Pereira Junior, de 36 anos. Segundo o sociólogo José Pedrosa Neto, de 24, muitos motociclistas morreram ao atravessar a cancela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.