Após 40 horas do acidente, caminhão é retirado da Dutra

O caminhão que bateu, na madrugada da sexta-feira, contra uma pilastra de sustentação de uma passarela que passa sobre a Rodovia Presidente Dutra, só começou a ser retirado da pista por volta das 19 horas deste sábado.O acidente ocorreu no sentido São Paulo-Rio da Via Dutra, na altura de Guarulhos, e gerou cerca de 40 horas de trânsito na região, atingindo também a capital paulista. O motorista teria passado mal e perdido o controle do caminhão. Não houve feridos. Para a retirada, foram colocadas duas torres, que suportam até 90 toneladas cada, para sustentar a passarela. A reforma da estrutura levará cerca de dois meses para ser concluída.A Polícia Rodoviária Federal e a NovaDutra, que detém a concessão da rodovia, criaram caminhos alternativos por pista local, durante o bloqueia da pista, como desvios para a Rodovia Airton Senna, utilizando a Rodovia Hélio Schmidt, que liga a Dutra à Rodovia Airton Senna.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.