Após 5 horas, Aeroporto Santos Dumont reabre para decolagens

Mau tempo também atrapalha operações no Galeão, ainda no Rio, e em Cumbica e Congonhas, em São Paulo

Elvis Pereira, estadao.com.br

15 de setembro de 2008 | 18h22

O Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, reabriu para decolagens às 15h49 desta segunda-feira, 15. O procedimento estava suspenso desde as 10h49, por conta do mau tempo. Segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), os pousos não foram prejudicados no período. Há a confirmação de dois vôos alternados para o Antônio Carlos Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, um da OceanAir, o 6002, e outro da TAM, o 3922. Até as 18 horas, dos 70 vôos previstos para partir do Santos Dumont, 16 sofreram atrasos superiores a 30 minutos, o equivalente a 22,9% do total, e 12 foram cancelados (17,1%).  Em São Paulo, os dois principais aeroportos, Guarulhos e Congonhas, operavam por instrumentos no início desta noite, também em decorrência do mau tempo. No primeiro, 14 dos 142 vôos atrasaram (9,9%) e 8 foram suspensos (5,6%). Em Congonhas, houve 24 atrasos (12,4%) e 25 cancelamentos (13%) em 193 vôos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.