Após 80 dias, Mario Jordão deixa comando da Sub Sé

Oitenta dias depois de ter assumido o comando de uma das mais importantes subprefeituras da capital, a da Sé, o ex-delegado-geral de São Paulo e ex-delegado titular da Seccional Centro, Mario Jordão Toledo Leme, deixou ontem o posto. Segundo fontes ouvidas pelo Estado, faltou afinidade entre Jordão e a equipe da administração municipal. Ontem, ele conversou com o secretário de Coordenação das Subprefeituras Andrea Matarazzo, e com o prefeito Gilberto Kassab (DEM) para anunciar sua decisão, aceita prontamente. Matarazzo reassume o posto, que já acumulava antes da posse de Jordão. "Ele fica mais uns dias. Vou ficar até encontrar alguém", explicou. Segundo o secretário, Jordão "não se adaptou". "É uma pena para mim. A vocação dele é de polícia. A administração municipal é muito complexa, diferente para quem tem um perfil de policial."Como polícia, Jordão já tinha certa atuação com a Subprefeitura da Sé, durante operações de combate a irregularidades na região central, principalmente na área da Cracolândia. A aproximação com Matarazzo se deu quando Jordão comandou a Delegacia Seccional Centro, entre o fim de 2002 e dezembro do ano passado. No dia 3 de janeiro deste ano, ele tomou posse como delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, de onde saiu para comandar a subprefeitura.Uma das principais missões de Jordão era administrar o Projeto Nova Luz, na Cracolândia, para remodelar a área urbana degradada. Nas quadras formadas pelas Ruas General Couto de Magalhães, dos Protestantes e Mauá deverão ser erguidos prédios modernos que abrigarão setores da administração municipal, além de empresas de serviços e tecnologia da informação e comunicação.Com uma área de 26,2 quilômetros quadrados, a Subprefeitura da Sé é composta por oito distritos: Bela Vista, Bom Retiro, Cambuci, Consolação, Liberdade, República, Sé e Santa Cecília, onde vivem mais de 375 mil pessoas. Nesses locais estão importantes centros financeiros e de compras.

Eduardo Reina, O Estadao de S.Paulo

04 de dezembro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.