Após explosões, Light afirma que investirá R$ 320 milhões em dois anos

Metade da verba deve ser utilizada já em 2012, quantia 80% maior do que o total investido neste ano

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

22 Julho 2011 | 20h00

SÃO PAULO - A Light informou na noite desta sexta-feira, 22, que vai investir R$ 320 milhões na rede subterrânea de distribuição de energia elétrica, durante os próximos dois anos. A decisão do Conselho de Administração da companhia foi anunciada hoje na sede da empresa, no Centro do Rio de Janeiro.

 

Em nota, a empresa afirmou que o cronograma da empresa prevê aplicação de metade dos recursos já no próximo ano, o que representa um crescimento de mais de 80% em relação ao total investido em 2011 (R$ 88 milhões), e de 1.420% nos últimos 10 anos.

 

Os principais objetivos desses investimentos são o aumento da confiabilidade e da segurança operacional do sistema subterrâneo, direcionamento de ações preventivas quanto a riscos de falhas de equipamentos e melhoria da qualidade do fornecimento.

 

A empresa também informou que ampliará o monitoramento da rede, por meio de sensores instalados nas câmaras transformadoras.

Mais conteúdo sobre:
explosões Light bueiros Rio investimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.