Após fim da greve, ônibus circulam normalmente no Rio

Paralisação foi interrompida no domingo; sexta-feira, dia do aniversário da cidade, foi marcada pela falta de ônibus, engarrafamentos e muito tumulto

Heloisa Aruth Sturm, O Estado de S. Paulo

04 Março 2013 | 09h52

RIO - Depois de uma sexta-feira marcada pela falta de ônibus, engarrafamentos e muito tumulto, os transportes operam normalmente nesta segunda-feira, 4, no Rio de Janeiro. A greve dos rodoviários, iniciada na madrugada do dia 1º, aniversário de 448 anos da cidade, foi encerrada na manhã de domingo, por decisão de assembleia realizada pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores do Rio de Janeiro (Sintraturb). De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), 100% da frota (9 mil ônibus) está em circulação na manhã desta segunda-feira.

Os motoristas e cobradores não tiveram suas reivindicações atendidas. Os trabalhadores exigem aumento salarial de 15%, o fim da dupla função (quando o mesmo funcionário atua como motorista e cobrador) e vale-alimentação, cesta básica e plano de saúde. O Rio-Ônibus, sindicato representante das empresas, oferece apenas 8% de aumento salarial. As negociações continuarão a ser feitas no Tribunal Regional do Trabalho. O secretário de Transportes do Rio, Carlos Osório, descartou a possibilidade de aumento das tarifas de ônibus para viabilizar o reajuste salarial.

Mais conteúdo sobre:
ônibusgreverio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.