XANDO PEREIRA/AGÊNCIA ATARDE
XANDO PEREIRA/AGÊNCIA ATARDE

Após naufrágio de barco, governador da Bahia decreta luto de três dias

Marinha confirmou a morte de 22 pessoas; embarcação tinha capacidade para levar até 162 passageiros

Priscila Mengue e Juliana Diógenes, O Estado de S.Paulo

24 Agosto 2017 | 11h15

Após o naufrágio da embarcação na Baía de Todos os Santos nesta quinta-feira, 24,  que deixou pelo menos 18 mortos, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), decretou luto oficial de três dias em todo o Estado.

O barco naufragou próximo à Ilha de Itaparica, na localidade de Mar Grande, na Bahia. Segundo o comandante Flávio Almeida, do 2º Distrito Naval, 123 pessoas estavam na embarcação. 

 

A embarcação Cavalo Marinho tinha capacidade para levar até 162 passageiros. O acidente ocorreu a 200 metros do Terminal marítimo. O chamado de emergência para a Capitania foi recebido através do rádio por volta das 8 horas. De acordo com a Prefeitura de Vera Cruz, a lancha saiu do terminal da Ilha por volta das 6h30 com destino a Salvador.

A avaliação da lancha será feita pela Marinha. Ela analisará a regularização da embarcação e se operava com número de passageiros acima do permitido. Por conta disso, a Secretaria de Segurança Pública informou que um inquérito será aberto para que as causas do acidente sejam apuradas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.