Após operação da PF, bingos no Rio permanecem abertos

A Associação de Administradores de Bingos do Estado do Rio de Janeiro(Aberj) divulgou uma nota na tarde deste sábado na qual informa que todas as casas de bingo do Rio estão abertas, apesar da operação realizada pela Polícia Federal e chamada "Ouro de Tolo", que mobilizou 80 caminhões para recolher 4.800 máquinas de vídeo bingo no Estado.Segundo a nota, a decisão da 1ª Vara Criminal da Justiça Federal é "exclusivamente para apreensão de máquinas eletrônicas programadas e não para fechamento ou interdição das casas de bingos". De acordo com a nota, todos os bingos no Estado "encontram-se abertos, com exceção do Bingo Marquês, que foi equivocadamente lacrado pela Polícia Federal".A nota informa também que as empresas operadoras das máquinas de videobingos apresentarão na próxima segunda-feira, "decisão do Tribunal Federal que garante aos fabricantes em caso de apreensão, a retirada de apenas uma máquina de cada modelo para perícia junto aos órgãos técnicos da polícia". Diz ainda que os advogados da Aberj estarão analisando a decisão da 1ª Vara Criminal da Justiça Federal para definir qual o recurso adequado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.