Após pane, agendamento de passaporte pela internet volta ao normal

Site da PF ficou fora do ar desde a tarde de segunda; normalização ocorreu na madrugada de terça

estadão.com.br,

20 de setembro de 2011 | 10h10

SÃO PAULO - A página da Polícia Federal na internet que permite o agendamento de passaporte em todo o País funciona normalmente desde a madrugada desta terça-feira, 20. O site ficou fora do ar na tarde de segunda-feira, mas voltou a funcionar durante a madrugada. Segundo a PF, houve um "problema no servidor". O mesmo problema aconteceu no dia 31 e durou uma tarde. Há um ano, a pane foi de três dias e afetou 12 mil pessoas.

 

Em São Paulo, a fila para conseguir marcar uma data de atendimento em um dos cinco postos chega a três meses. A explicação oficial é o aumento do número de cadernetas emitidas. Foram 47 mil em São Paulo apenas no mês de agosto, um recorde histórico. No País, outro recorde: 207 mil emissões no mês passado, mais de 30% mais em relação ao mesmo período de 2010. Desde janeiro, foram 1,4 milhão de passaportes.

 

A PF acaba de receber do governo federal verba de R$ 70 milhões para melhorar o setor de passaportes. Inicialmente, o valor será investido na compra de equipamentos para coleta de digitais e fotos e no pagamento de cadernetas fabricadas pela Casa da Moeda. Parte do dinheiro será aplicada também na modernização do sistema de informática.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.