Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Após queda do voo 447, EUA ordenam troca de sensor de Airbus

Agência americana apontou que sensores podem ficar bloqueados por cristais de gelo, em grandes altitudes

Agências internacionais,

03 de setembro de 2009 | 11h38

Autoridades dos Estados Unidos ordenaram nesta quinta-feira, 3, a troca de sensores de velocidade dos Airbus do mesmo tipo do avião da Air France que caiu no Oceano Atlântico, quando fazia o trajeto Rio-Paris. A Administração Federal de Aviação informou, em nota, que as companhias norte-americanas operando aviões dos modelos Airbus A330 e A340 devem substituir pelo menos dois dos três sensores feitos pela gigante europeia do setor eletrônico Thales Corp.

 

Veja também

documento Relatório da BEA sobre o acidente (em inglês)

especialLeia íntegra da entrevista com o diretor da Air France

lista Todas as notícias sobre o Voo 447

especialEspecial: Os desaparecidos do voo 447

especial Especial: Passo a passo do voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas do Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas da FAB pelo Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: homenagem às vítimas

especialCronologia das tragédias da aviação brasileira

especialCronologia dos piores acidentes aéreos do mundo 

As peças de reposição aprovadas são feitas pela Goodrich Corp, sediada nos EUA. A ordem afeta 43 aviões operados pela Northwest Airlines e pela US Airways. A agência apontou que os sensores podem ficar bloqueados por cristais de gelo, em grandes altitudes. A agência europeia de segurança na aviação emitiu ordem similar em 31 de agosto.

No dia 31 de maio deste ano, a aeronave do voo 447 da Air France desapareceu dos radares e caiu no Oceano Atlântico. Todas as 228 pessoas a bordo - 216 passageiros e 12 tripulantes - morreram no acidente. Apenas 50 corpos foram encontrados e resgatados pelas equipes de busca. As caixas-pretas da aeronave, porém, continuam perdidas.

Tudo o que sabemos sobre:
acidenteAir Francevoo 447sensorEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.