Fabio Frustaci/EFE
Fabio Frustaci/EFE

Após sintomas de resfriado, papa Francisco cancela agenda de reuniões pelo terceiro dia consecutivo

Vaticano afirmou que o pontífice teve uma 'pequena indisposição'; líder da Igreja Católica tem 83 anos

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de fevereiro de 2020 | 13h55

O papa Francisco cancelou pelo terceiro dia consecutivo os compromissos e reuniões que tinha agendado por causa de um aparente resfriado. O líder da Igreja Católica tem 83 anos e perdeu parte de um dos pulmões por causa de uma doença respiratória quando jovem. Francisco nunca havia cancelado tantas audiências oficiais durante os sete anos de seu papado.

O Vaticano não revelou a natureza da doença de Francisco e caracterizou o quadro como "pequena indisposição". A enfermidade causou alarde pois ocorre ao mesmo tempo que um surto do novo coronavírus se espalha pelo norte Itália e já infectou mais de 800 pessoas.

Francisco, entretanto, deve seguir trabalhando de sua residência no Hotel Santa Marta, no Vaticano, e, de acordo com sua assessoria, tem recebido visitas particulares. Neste domingo, 1, o papa deve deixar sua casa para uma semana de exercícios espirituais na zona rural de Roma. / COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.