Fabio Frustaci/EFE
Fabio Frustaci/EFE

Após sintomas de resfriado, Papa Francisco cancela agenda nesta sexta

Pontífice estava resfriado e tossindo com frequência durante audiência pública nesta quarta-feira, 26. no Vaticano

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2020 | 10h21

O Papa Francisco cancelou todas as audiências desta sexta-feira, 28, de acordo com comunicado oficial emitido pelo Vaticano nesta manhã. Na nota, não há explicação para os cancelamentos, mas o pontífice já havia desistido de uma missa na véspera por estar "gripado" e com uma "leve indisposição".

O diretor de Comunicação do Vaticano, Matteo Bruni, informou que Francisco celebrou a habitual missa da manhã na capela de sua residência privada de Santa Marta, no Vaticano, e saudou os presentes. Na ocasião, ele recebeu algumas pessoas no local, como previsto, dentre as quais estavam o presidente do Parlamento Europeu, o italiano David Sassoli.

O porta-voz do Vaticano não se referiu ao estado de saúde do papa, de 83 anos. Na quarta-feira, 26, em geral um dia de agenda mais tumultuada, Francisco estava resfriado e tossia com frequência durante a audiência geral organizada ao ar livre na Praça de São Pedro.

No próximo domingo, ele deve ir para um retiro espiritual em Ariccia, perto de Roma, depois de ter celebrado o Ângelus da sacada do Palácio Apostólico. / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.