Após trégua, chuva provoca mais deslizamentos na Bahia

Nesta segunda, Salvador sofre com os congestionamentos provocados pela chuva; PF tem esquema de doações

Tiago Décimo e Solange Spigliatti, de O Estado de S. Paulo e Central de Notícias,

18 de maio de 2009 | 12h25

Depois de alguns dias de trégua, a chuva voltou a castigar Salvador entre o fim da tarde de domingo e a manhã desta segunda-feira, 18, causando uma série de transtornos na capital baiana. Há pontos de alagamento em todas as principais avenidas, causando engarrafamentos por toda a cidade.

 

Segundo a Defesa Civil do município (Codesal), entre domingo e as 10 horas desta segunda foram registradas 128 ocorrências relacionadas com a chuva, entre elas 57 deslizamentos de terra e dois desabamentos de imóveis. De acordo com a prefeitura, 615 imóveis correm risco iminente de desabamento na capital baiana.

A Polícia Federal montou um posto de arrecadação de donativos em Salvador para a população que sofreu com as últimas chuvas que atingiram a cidade. O posto fica na Superintendência da Polícia Federal, no Comércio. A PF pede a doação de fraldas descartáveis, cobertores, alimentos não perecíveis, calçados e roupas. O horário de funcionamento é das 9 as 17 horas de segunda a sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.