Aposentado atira contra garotos, mas acerta mulher de 77 anos

Por volta das 19h30 desta segunda-feira, irritado e armado com um revólver calibre 38, o aposentado Umberto Ferreira da Silva, de 56 anos, resolveu sair ao portão de casa e atirar contra um grupo de garotos que andavam de bicicleta e faziam barulho em frente a sua residência, na Avenida Água Funda, região do Jabaquara, zona sul da capital paulista. Em vez de acertar os adolescentes, o aposentado acabou atingindo uma das pernas da dona de casa e também aposentada Joana Amélia de Araújo Truglio, de 77 anos, que saía da casa da sogra, de quase 100 anos de idade.Os garotos correram deixando as bicicletas para trás. A mulher foi levada ao Pronto-Socorro do Hospital Sabóia, no Jabaquara, e depois, transferida para o Hospital Evaldo Foz, no Ibirapuera, onde passou por cirurgia durante a madrugada e passa bem. Umberto foi detido e autuado em flagrante no 35º Distrito Policial, do Jabaquara, por lesão corporal dolosa e disparo de arma de fogo; o primeiro crime, inafiançável.O filho do aposentado, Roberto Ferreira da Silva, que completou 21 anos nesta segunda-feira, disse que o pai passa por alguns problemas e vem tomando remédios anti-depressivos. O rapaz ainda afirmou que seu pai não é uma pessoa violenta e que trabalhava como funileiro numa empresa de ônibus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.