Aposentado atropelado em passeata na Paulista é enterrado

O aposentado Thomaz de Aquino campos, de 70 anos, foi enterrado na manhã de hoje no cemitério do Convento Santa Clara, em Taubaté. Campos morreu atropelado por um carro de som ontem, na avenida Paulista, durante o ato do Comitê Brasileiro de Solidariedade aos palestinos contra os ataques israelenses. Thomaz era um dos integrantes de uma comitiva de 30 pessoas, que havia saído de Taubaté, para participar do protesto em São Paulo. Segundo o deputado estadual Salvador Khuriyeh, que organizou a caravana do Interior, o aposentado, mesmo ferido, ainda conseguiu arrastar e salvar uma criança, que estava debaixo do carro. "Ele morreu ajudando os outros, fazendo o que sempre gostou de fazer", observou Khuriyeh. Antes do ato, o aposentado e o amigo George Khuriyeh, que também ficou ferido, posaram para uma foto, onde no fundo aparece o carro que o atropelou mais tarde. O veículo perdeu o freio. Campos era membro ativo do Comitê e segundo amigos, sempre participava de eventos pela paz no Oriente Médio, principalmente em defesa do povo palestino. O velório foi marcado por muita tristeza e homenagens.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.