Aposentado se perde em favela e é executado

O aposentado José Rodrigues Dias, de 65 anos, foi executado, no final da noite de ontem, no interior da Favela da Funerária, localizada no Parque Novo Mundo, zona norte de São Paulo. Dias dirigia seu carro, um Fiat Palio, ao lado da esposa, Lourdes Castilho Rodrigues, quando se perdeu na região do Aricanduva e foi parar no interior da favela.Perdido, o aposentado saiu do veículo e foi em direção a um rapaz que estava na janela de uma casa. Segundo a esposa da vítima, seu marido perguntou ao estranho como ele faria para sair da região. O rapaz disse ao aposentado que depois das 22 horas sempre é decretado toque de recolher na favela e que era para ele sair depressa de lá, pois nem viaturas da polícia entram no lugar depois daquele horário.Antes de conseguir voltar para o carro, Dias foi surpreendido por um bandido, segundo a polícia, traficante, que disparou uma rajada de metralhadora contra a vítima. O aposentado morreu no local. Com a esposa de Dias nada fizeram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.