Arcebispo de Vitória sofre atentado

O arcebispo de Vitória, dom Silvestre Luiz Scandian, foi esfaqueado nesta tarde, em sua arquidiocese. O autor do crime é o professor de Educação Física aposentado Robson Santana, de 52 anos. O arcebispo foi operado e, segundo sua assessoria, está fora de perigo. Os médicos informaram que ele está lúcido e deve ter alta na sexta-feira. Santana foi preso e autuado em flagrante.A chefe de Polícia Civil, Selma Couto, contou que o criminoso alegou ter recebido uma "mensagem divina" para matar dom Silvestre. Mas a polícia não descarta a hipótese de que o atentado tenha relação com o crime organizado. Ela ressaltou que o arcebispo é uma "figura emblemática" no Estado. "Ele é muito atuante e sempre está à frente de todas as mobilizações contra o crime organizado.""O preso alega que recebeu uma mensagem de Deus e já teria avisado que algo poderia acontecer", contou Selma. "Vamos investigar para saber se isso é uma história de cobertura ou se ele realmente sofre de algum distúrbio". Ela disse que Santana costumava freqüentar a arquidiocese e, aparentemente, é uma pessoa religiosa.O crime aconteceu por volta das 16h30. Segundo a assessoria da arquidiocese, a facada atingiu o arcebispo perto do coração, mas não perfurou nenhum órgão vital. Dom Silvestre teria reagido, jogando uma mesa sobre o agressor. Santana esperou pela polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.